Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Restart

A Restart é um centro de formação profissional que constitui um espaço único de formação, produção e animação cultural em Lisboa.

“&etc” no Festival Imago

O documentário "&etc" realizado por Claudia Clemente no módulo de Documentário do curso de Realização II da Restart, foi seleccionado para a Competição Under 25 do IMAGO – Festival Internacional de Cinema Jovem (Fundão), a decorrer entre 29 de Setembro e 7 de Outubro.


O filme "&etc" será exibido no festival, nas seguintes sessões:

30 de Setembro às 18h

05 de Outubro às 15h

 


Sinopse
A “&etc” foi criada em 1973. É uma pequena editora, que desde então e até aos dias de hoje se rege por parâmetros bastante singulares – não tem fins lucrativos, não publica obras “comerciais”, edita autores desconhecidos.
Tornou-se ao longo dos anos uma referência no panorama nacional, conhecida tanto pelo lado plástico/estético dos seus livros quadrados como pelos personagens que publicam, como por exemplo João César Monteiro, Adília Lopes ou Alberto Pimenta, alguns dos autores mais alternativos da actualidade.

Victor Silva Tavares e Rui Caeiro, com mais de 60 anos, recordam aqui alguns episódios ao longo das três décadas de funcionamento desta editora.


Ficha Técnica

Realização: Cláudia Clemente

Câmara/Som: João Silva e Cláudia Clemente

Iluminação: João Silva

Montagem: Cláudia Clemente

Produção: Sofia Fernandes

Nip @ Restart

O resultado do Workshop NIP em Lisboa – works in progress, conceitos e ideias finalizadas, foi apresentado na Restart no dia 21 de Setembro. Participantes e público ficaram satisfeitos com os resultados alcançados, onde sobretudo foi dado lugar à experimentação.

 

EME – Encontros de Música Experimental

Palmela, 3/4/5/6 Outubro


Será possível determinar o ponto de fronteira que delimita a música composta da música improvisada? Ou mesmo, o ponto onde cessa o domínio da música e se inicia o do som? Existirá porventura uma fronteira, em qualquer dos casos?
Fará sentido avaliar e separar a criação em função dos meios utilizados? Um piano não poderá ser tomado como um instrumento de elevada complexidade quando tocado por um nativo da Nova Guiné? Um computador portátil não representará a mesma proporção de análise aos olhos de um europeu médio?


A estas e outras questões, diferentes pessoas, dar-nos-ão diferentes respostas. E todas elas, em função do momento, do seu estado de espírito e sobretudo da memória que foram construindo ao longo dos anos (cultural em geral, e musical em particular).
Em valores absolutos, podemos dizer que a maior diferença entre um piano e um laptop está no peso de cada um.


Mais do que respostas ou verdades absolutas, pretendem estes
EME lançar questões a partir de trabalhos de artistas com propostas musicais, sonoras e visuais bastante diversificadas.




 


A Restart dá continuidade à parceria com os EME, num momento em que este consolida a sua importância no panorama da área da música experimental com a sua 7ª edijção.


A Direcção e Programação do Festival EME está a cargo de Vitor Joaquim, Coordenador Pedagógico da Restart, e a equipa do Festival integra diversos ex-alunos de diferentes cursos da escola: na Produção Ana lamim, Lúcia Silva e Rui Murça, no Som Carlos Nascimento, em Câmara Ricardo Pinto, Edição de Vídeo Marlene Santos e Web, Spot TV e DVD João Aguiar.

 





PROGRAMA


workshop
resolume (pintura com luz): hugo olim
(de 2 a 6 de octubro – universidade moderna setbal)


concertos
igreja de santiago, castelo, palmela

Dia 3
miguel cabral (pt)
marsen jules (de)

Dia 4
rui costa (pt)
nook (de)
zavoloka (ua)

Dia 5
pygar (pt)
tim hecker (ca)

Dia 6
mosaique (pt) + laetitia (pt)
biosphere (no)


instalações
lia
laetitia morais
hugo olim -
paulo t silva, marta traquino, andré gonçalves

 


entrada / dia: 6€

Entrega de diplomas 2006/2007 + concerto Rádio Macau

27 Setembro, quinta-feira, 21h30m


Finalizado que está mais um ciclo na vida da escola, a Restart vai proceder à entrega dos diplomas referentes ao ano lectivo 2006/2007.


Foram 360 alunos que frequentaram os vários cursos, vivenciando diferentes momentos que preencheram a sua vida escolar, de formadores e equipa Restart. Alguns foram árduos. Outros bastante recompensadores. Iniciaram-se amizades. E alguns projectos nascerão fruto dessas amizades e cumplicidades entre alunos, formadores e escola.


A seguir ao “momento formal e solene” (por favor não venham vestidos em versão tuna style) haverá lugar ao concerto dos Rádio Macau e à actuação de Djs e Vjs.




Os Rádio Macau formaram-se no início dos anos 80 e desde então gravaram 8 álbuns e deram centenas de concertos em Portugal e um pouco por todo o mundo. Autores de algumas das canções mais emblemáticas da pop portuguesa, como "O Anzol" ou "Amanhã é sempre longe demais", os RM desenvolveram desde sempre uma vertente experimental, bem documentada em álbuns como o Disco Pirata (reeditado em 2004) ou nas experiências electrónicas de A Marca Amarela (1992) e de Onde o Tempo Faz a Curva (2001).


A Restart agradece a todos os alunos que nos acompanharam, certos de que voltaremos este ano empenhar-nos em providenciar o melhor para aqueles que nos escolhem como parceiros na sua formação.


Tragam a familia, amigos, namorados, quem quiserem.

Quinta é dia de festa! Party Time!!!

(nao digam a ninguém, mas a festa o ano passado foi até as 4... ooooops)

NIP na Restart de 19 a 21 Setembro


NIP – Novos Interfaces para Performances consiste em uma digressão europeia e uma série workshops, que decorre ao longo de 2007 em Bristol, Inglaterra, Amesterdão, Holanda e Lisboa, Portugal. O objectivo do NIP é apoiar artistas que trabalham no desenvolvimento e novas formas de interacção na performance ao vivo. A temática centrou-se na gestualidade e movimento como meios de unir, despoletar e interagir em tempo real com trabalhos de new media, som, música e performance.


O NIP contará com cerca de vinte artistas, que foram convidados para participarem nos workshops e nos eventos e performances locais.


Os dois primeiros eventos aconteceram em Março no Centro de Media Watershed, em Bristol e em Junho no STEIM (Studio for Electro-Instrumental Music), em Amesterdão.


A Restart recebe o último evento do NIP nos dias 19, 20 e 21 de Setembro, com o workshop, aberto exclusivamente a artistas convidados dos 3 países anfitriães, que será conduzido por Christina Kubisch (Alemanha), compositora e artista sonora e Professora de Arte de Som em Saarbrucken, na Alemanha e Lotta Melin (Suécia), artista sonora e bailarina. O objectivo deste workshop será o de criar novas peças sonoras com base no conceito da peça “Electrical Walks”, de Christina Kubish.


O resultado do NIP 2007, dos 3 workshops (Bristol, Amesterdão e Lisboa) – works in progress, conceitos e ideias finalizadas, será apresentado ao público na Restart no dia 21 de Setembro pelas 19h30.


Uma oportunidade de conhecer estes artistas, partilhar os seus processos e ver e ouvir as suas criações.

VENCEDOR 7º VIDEORUN

Decorreu no passado fim de semana o 7º VideoRun - Maratona de Video Digital, com uma grande adesão, entusiasmo e sobretudo bastante intensidade.

 

Uma corrida contra o tempo (48 horas para captar e editar imagens), é a frase que mais facilmente caracteriza o VideoRun todos os anos.

A partir das 20 horas de 6ªfeira, todos os participantes tiveram aceso à “palavra chave” do 7º VideoRun: “labirinto”.

Domingo dia 16 foram apresentados os resultados da maratona, onde os trabalhos em vários géneros (ficção, experimental, documentário ou videoclip), foram analisados pelo júri constituído por António Jorge Gonçalves (artista plástico), Cláudia Ulisses (artista plástica) e Jorge Sá (realizador).

 

A Restart felicita os vencedores do Videorun 2007:

 

1º prémio

“Não... estou de passagem”

Mário Lopes, Rita Ochoa, Sofia Pimentão

Ficção, 4'28”

 

2º prémio

“Man with bow-tie (mwb)”

André Santos, Marco Leão

Experimental, 3'14”

 

3º prémio

“Labsinto”

Natacha Sampaio, José Pais

Ficção, 2'56”

 

Melhor Montagem

“Quero fim”

Catarina Glória, Carlos Silva, Francisca Magalhães, Pedro Clérigo

Ficção / Experimental, 2'31”

 

Os prémios serão entregues no próximo mês de Outubro em sessão aberta ao público, onde serão também exibidos todos os filmes presentes no 7º VideoRun.

Restart na Músicália_20 a 23 Setembro

A Musicália é a maior Feira de música, luz, som e imagem do País, irá decorrer na FIL de 20 a 23 de Setembro, funciona para a indústria da Música e Espectáculo como o seu grande palco. Nesta feira são apresentadas as novidades do sector que envolve os instrumentos musicais, o som, a luz, os audiovisuais, as discografias e os organizadores de eventos. A FIL na Musicália disponibiliza também uma área dedicada a animação como uma agenda que inclui showcases e concertos, worshops, debates e seminários.

A Restart estará presente na Musicália, com um stand dinâmico que contará com actuações de DJ’s e VJ’s ex-alunos da escola, com apresentação de trabalhos de animação e motion graphics de alunos e também com a demonstração de trabalhos realizados no âmbito de Sistemas Interactivos.


Esperamos por ti!

    

A RESTART NO TERROR DO MOTELX DE 5 A 9 DE SETEMBRO

O Motelx é um festival não competitivo que tem como principal finalidade revelar, em Portugal, o melhor do cinema de terror, em todas as variantes: das grandes produções ao experimental, do clássico raro às novas tendências.


Para além dos 40 filmes de terror que serão apresentados e que variam entre curtas-metragens portuguesas e estrangeiras, filmes trash do Brasil e filmes de culto, o MotelX apresenta também um conjunto de actividades paralelas: Apresentação do livro de “Contos de Terror do Homem-Peixe”, Concerto dos “The Great Lesbian Show”, Exposições, Workshop de Ivan Cardoso e Masterclasses.

A Restart apoia este primeiro festival dedicado ao Cinema de Terror, tendo alunos de Produção de Eventos a colaborar com a organização do Festival, alunos de Câmara e Iluminação que captar imagens para um making-of de todas as actividades do evento e com o apoio técnico de alunos de Som no Concerto, nas Apresentações, Masterclasses e Q&A’s.

Os alunos da Restart têm desconto, pagando apenas 2,5€ pelo bilhete para as sessões do Festival
(mediante apresentação de cartão Restart)

Assusta-te no São Jorge!